mcafee
A maior simulação computadorizada já feita de uma rede neural – uma espécie de cérebro eletrônico – acaba de ser realizada no Japão. A simulação foi possível graças ao desenvolvimento de estruturas de dados avançadas para o software de simulação NEST, um programa de código aberto disponível gratuitamente para cientistas de todo o mundo. Rodando o NEST em um supercomputador japonês, a simulação alcançou 1,73 bilhão de neurônios, interconectados por 10,4 trilhões de sinapses. Simular uma rede neuronal – e um processo como o aprendizado, por exemplo – requer grandes quantidades de memória porque as sinapses são modificadas constantemente pela interação neuronal, e o simulador precisa oferecer condições para essas modificações. Assim, mais importante do que o número de neurônios na rede neural simulada é o fato de que, durante a simulação, cada sinapse entre os neurônios excitatórios contou com 24 bytes de memória, permitindo uma descrição matemática precisa da rede.
Anúncios

Supercomputador mais rápido do mundo fica no Japão – ATUALIZADO!!


ARTIGO ATUALIZADO!!!

 

 

Máquina é 3 vezes mais veloz que o segundo colocado. Escolha partiu de lista analisada por 3 institutos especializados.

São quase 800 gabinetes de sistema lado a lado e oito núcleos em cada um dos 68.544 processadores SPARC64 VIIIfx. Ele realiza 8,2 quadrilhões de cálculos por segundo (o equivalente ao mesmo número em petaflops) e custa de US$ 10 milhões por ano, além de consumir uma quantidade de energia elétrica capaz de abastecer 10 mil casas convencionais. Esses são os impressionantes números do K Computer, o supercomputador mais rápido do mundo, escolhido recentemente pelo site Top500.

Continuar lendo